em geral

definição de postulado

De acordo com o contexto em que é usada, a palavra postulado pode referir-se a várias questões.

Proposição que se apresenta como base de um raciocínio ou de uma demonstração e cuja verdade é admitida sem qualquer evidência a esse respeito

Um postulado será aquela proposição que é oferecida ou apresentada como o pilar ou base de um raciocínio ou uma demonstração e cuja verdade é admitida sem qualquer evidência a esse respeito.

Essa aceitação com os olhos fechados e sem a necessidade de ver provas ou demonstrações está relacionada ao fato de não haver outro princípio que nos permita deduzir ou antecipar essa proposição.

Assim, o postulado é considerado uma expressão que apresentará a verdade mesmo que não seja acompanhada de evidências ou provas que nos permitam ver o que é afirmado de forma concreta e real.

Aplicação em filosofia para entender questões importantes

A filosofia é um contexto que utiliza muito este conceito porque serão os postulados que permitirão a esta disciplina desenvolver juízos lógicos, ou seja, o postulado deve ser admitido porque nos permitirá compreender alguma questão.

Em consequência disso que comentamos é que o conceito está muito presente nesta matéria desde tempos muito remotos e tem sido abordado pelos maiores filósofos, como é o caso de Aristóteles, que, por exemplo, já na Grécia Antiga, estabeleceu a diferença que existe entre postulados e axiomas (proposições claras que não precisam de uma prova). Porque basicamente falta aos postulados o elemento universal que os axiomas têm.

Formas comuns do postulado

Enquanto isso, um postulado no momento do raciocínio pode ter três formas.

Por outro lado, aquela proposição que é tomada como base na formulação de um raciocínio ou de uma demonstração e cuja verdade é admitida e aceita por todos sem a necessidade de apresentar evidências é conhecida como um postulado.

Ou como ponto de partida ao provar algum teorema que está dentro de um sistema axiomático.

Por outro lado, o termo pode adotar o tipo de especulação, que mesmo aparentando ser evidente é admitida como falsa, sem necessidade de submetê-la a verificação.

E, finalmente, pode ser a opinião fundamentada que fará parte de uma teoria.

Idéia ou princípio que uma pessoa, organização irá defender

Outro uso recorrente que também é dado ao termo, especialmente no contexto da política, é o de ideia ou princípio a ser defendido a todo custo, quase com unhas e dentes. Como mencionei, isso é algo extremamente comum na política porque geralmente cada representante de um partido tende a defender os postulados que fazem parte do programa político de apoio ao grupo a que pertencem.

Esse sentido também é usado a pedido da religião para se referir às idéias ou princípios que uma crença religiosa específica apóia e que serão defendidos porque constituem precisamente sua base.

Na religião, especialmente, nos últimos anos, onde ocorreram certas e notáveis ​​mudanças na sociedade e nas relações sociais, a Igreja, para citar uma das instituições mais tradicionais, soube aceitar essa situação e então a revisão foi proposta. de alguns postulados.

As pessoas per se e individualmente podem apoiar certos postulados ou princípios que, em última análise, nos permitirão reconhecer sua maneira de pensar. Enquanto isso, serão justamente esses princípios que sustentam aqueles que nortearão suas vidas, seus comportamentos e também suas decisões.

Ciências exatas como matemática e geometria usam os postulados em teorias e eles são aceitos por convenção, por acordo.