Social

definição de habitação

A casa é aquele espaço físico, geralmente um edifício, cuja principal razão de ser será oferecer abrigo e descansoGraças aos quartos que possui no interior, às pessoas e a tudo o que irão trazer consigo, como os seus pertences e bens pessoais. Quando mencionei o abrigo, foi porque a casa, além de oferecer um espaço para descansar e proteger os nossos pertences mais imediatos, também serve para nos proteger das intempéries e de algum outro tipo de ameaça natural que pode afetar a nossa existência tranquila no caso de ter que viver ao ar livre e com sorte.

Desde que o homem é homem, ele tem essa necessidade de encontrar refúgio para o que falamos, guardar seus pertences, ter uma boa qualidade de vida que não seja afetada pelos distúrbios de saúde física que podem advir de ter que morar na rua. e também, naqueles momentos superprimitivos, para proteger sua família das feras que estavam à solta. Geralmente as cavernas eram os refúgios mais usados ​​e comuns do homem nos tempos antigos. O povoamento definitivo dos povos nômades primitivos originou-se na descoberta da agricultura, primeiro, e da pecuária, posteriormente. A necessidade de residir em local fixo deu lugar imediato ao desenvolvimento das primeiras moradias permanentes, distintas do abrigo provisório ou da tenda. A importância lógica da água na vida das pessoas precipitou as primeiras casas permanentes a serem construídas perto de rios e lagos.

Por outro lado, embora às vezes prestemos mais atenção a outras questões mais triviais, sem dúvida, O conforto, a tranquilidade e a proteção que nos proporcionam saber que temos uma casa à nossa disposição serão vitais para o nosso futuro desenvolvimento pessoal e profissional, pois está comprovado que, só em harmonia, o ser humano alcança excelentes resultados..

Uma das grandes questões a ter em conta na hora de construir uma casa será o clima que se caracteriza e se observa na zona ou região que habitamos. Por exemplo, se vivemos em um local sujeito a ventos fortes ou furacões, as casas devem ser construídas a partir e seguindo uma série de requisitos essenciais de segurança e, obviamente, com materiais altamente resistentes a este tipo de contexto.

O mesmo ocorre com regiões sujeitas a terremotos inclementes, como terremotos ou erupções vulcânicas. Não é fortuito notar que a maioria dos primeiros assentamentos definitivos da história ocorreram em grandes vales atravessados ​​por rios, nos quais os recursos indispensáveis ​​(água, comida, segurança) eram mais fáceis de obter.

Nos tempos modernos, a predileção das pessoas pelo meio urbano tem motivado, por um lado, a construção de mais moradias em menos espaço, como ocorre com os grandes edifícios, mas, por outro lado, existe um forte déficit habitacional na maioria. das grandes cidades do Terceiro Mundo. Esse fenômeno precipitou o crescimento da habitação precária em toda a América Latina, com especial destaque para a Argentina e o Brasil.