em geral

definição de visceral

Quando a palavra 'visceral' é usada, ela é usada como um adjetivo qualificativo para indicar que uma coisa, uma atitude ou uma forma de se expressar é muito íntima, muito apaixonada ou muito intensa. Tudo o que é considerado visceral será algo muito sentido, cheio de sensações (tanto positivas como negativas), em certo sentido mais relacionado com o impulsivo e instintivo do que com o racional que uma pessoa pode alcançar em determinadas situações.

Como a palavra diz, quando usamos o termo visceral, estamos nos referindo a uma forma de nos expressarmos que vem de dentro de nós, ou seja, vem de nossas vísceras (aqueles órgãos localizados bem no meio do corpo como as vísceras, intestinos). A ideia de que há algo que surge dentro de nós e que é retirado dá a sensação de que é algo natural, não racionalizado, que surge por impulso e que nem sempre mede as consequências que pode gerar.

Obviamente, os padrões sociais e comportamentais muitas vezes significam que os seres humanos não agem verdadeiramente de acordo com seus sentimentos. A repressão voluntária e involuntária dessas sensações, sentimentos e pensamentos é o que nos torna capazes de viver juntos. Porém, certas situações que podem gerar violência, conflito, angústia, medo ou mesmo alegria em quantidades abundantes são justamente aquelas que nos fazem ter uma atitude ou resposta visceral, sem medir a forma como a expressamos ou, talvez o fazendo justamente para causar um certo tipo de reação em quem testemunha nosso ato.

Nesse sentido, a arte tem em muitos aspectos uma maior relação com as formas viscerais, pois é sempre uma forma de expressão mais sincera e menos racional que o ser humano possui. Assim, os artistas às vezes são vistos como pessoas despreocupadas, não reprimidas pelas diretrizes sociais e que deixam sair de seu ser todos aqueles sentimentos e sensações que nascem em suas entranhas e que não podem calar.