em geral

definição de unilateral

O fim unilateral indica que a situação em questão preocupa ou está limitado a uma única parte ou a um único aspecto.

Situação que se limita a uma única parte ou aspecto. Formulários

Por exemplo, um decisão unilateral, este tipo de decisão caracteriza-se por não ter admitido nas instâncias inerentes à sua decisão a participação de outras partes que se manifestaram sobre a matéria e decidiram, ou seja, aquela decisão foi tomada de forma totalmente inédita em que apenas o julgamento interveio de uma única pessoa que produziu tal decisão final e unilateral.

Normalmente, esse tipo de decisão costuma ocorrer em contextos em que a liberdade, a igualdade e a democracia não prevalecem, ficando as decisões ao livre arbítrio de uma única pessoa que detém o poder absoluto.

Este sentido por caso dispone de una connotación absolutamente negativa dado que este tipo de acción y de forma de tomar decisiones implica que no hay un paso previo de consenso en el cual se intenta ponerse de acuerdo con otras partes interesadas para llegar a tomar la mejor decisión para todos.

O conceito que nos diz respeito tem uma utilização especial em matéria comercial e jurídica por se referir a aspectos que apenas afetarão uma das partes intervenientes.

O outro lado é o conceito de bilateral que se refere a uma situação em que duas partes estão envolvidas e são afetadas por uma questão.

Nas sociedades existem relações constantes entre diferentes partes, isto é, entre pessoas que decidem estabelecer vínculos que se sustentam por meio de contratos e que têm a missão de sustentar o comércio, a produção e as instituições, entre outros atores.

Por outro lado, os acordos podem ser celebrados dentro de uma nação entre pessoas físicas, jurídicas, entre organizações, e também podem ser realizados entre nações diferentes, vizinhas ou não.

Normalmente, esses acordos assinados estão relacionados a questões comerciais, de segurança, de desenvolvimento da indústria, entre outros.

Obrigações e direitos mútuos

Os acordos sempre implicam obrigações e direitos mútuos que devem ser respeitados por cada uma das partes, e claro, se isso não acontecer, aqueles que tenham incorrido em qualquer omissão podem ser processados ​​por cumprimento e punidos.

Entretanto, quando uma das partes não respeitar o acordo que assinou com a outra, por exemplo, chegando a um consenso, então estará agindo unilateralmente e isso afetará claramente o acordo que foi celebrado.

Na política, por exemplo, as ideias estão em constante debate e busca-se consenso entre os diversos grupos políticos, especialmente na esfera legislativa. Ora, quando o Executivo que detém a maioria parlamentar agir per se, sem consenso, dir-se-á que agiu unilateralmente na decisão que tomou.

Essa ação, sem dúvida, afeta o sistema democrático.

Contrato unilateral

Por outro lado, um contrato unilateral Será esse contrato que gera obrigações apenas em uma das partes que o subscrevem.

Neste tipo de contrato, o contrato de doação, do qual uma pessoa é obrigada a ceder a propriedade de um bem ou direito a outro sem receber qualquer benefício em troca. E o outro contrato que se destaca nesta categoria é o contrato denominado empréstimo, através do qual uma parte entrega uma peça de mobiliário ou qualquer outro bem a outra de forma absolutamente gratuita para que dela possa usufruir, salvo que, uma vez terminado o uso, a espécie seja devolvida nas mesmas condições em que estava entregue.

Outro uso que admite a palavra unilateral nos permite nos referir a o que está localizado em apenas um lado.

Enquanto isso, no campo da diplomacia, o uso do termo unilateral também é frequente. Nesse sentido, supõe que a decisão seja tomada por um país individualmente, sem consultar seus pares, que também podem ser afetados pela mesma situação.

E aquilo que está situado apenas em um lado também é designado como unilateral.