Ciência

definição de física clássica

A física é uma ciência com claro valor experimental por meio da qual teorias e leis são extraídas. Esta disciplina está dividida em três ramos fundamentais: clássico, moderno e contemporâneo.

Qual é o objeto de estudo da perspectiva clássica? A análise daqueles fenômenos cuja velocidade é infinitamente menor que a velocidade da luz. Do ponto de vista histórico, este ramo da física inclui as investigações realizadas antes do século XX. Este ramo do conhecimento também integra fenômenos científicos de magnitude.

Ao contrário da física moderna que tem como objeto de estudo a análise das partículas, que valoriza a análise da realidade microscópica.

A física clássica também mostra um modelo do mundo governado por leis mecanicistas na cosmovisão do universo físico. Dessa perspectiva, o universo poderia ser explicado metaforicamente como a engrenagem de um relógio perfeito cujos elementos se movem por meio de uma lei de causalidade.

Partes da física clássica

Este conceito é composto por diferentes ramos específicos:

1. Termodinâmica: estuda a relação entre o calor e a energia como elementos que transformam os corpos. Além disso, a energia também pode se tornar uma fórmula de trabalho, isto é, um princípio de movimento.

2. Mecânica: análise das entidades em movimento e em repouso, bem como do seu desenvolvimento ao longo do tempo. Nesse contexto, as leis relativas ao movimento propostas pelo cientista Isaac Newton também estão integradas.

3. Óptica: análise de luz.

4. Som: estudo de como o som se propaga e como as ondas se movem através da matéria.

5. Eletricidade e magnetismo: análise da eletricidade em movimento e em repouso. Isso é chamado de eletromagnetismo.

Esta seção da ciência física mostra um claro contraste com a física quântica que surge como uma solução para dar respostas a fenômenos para os quais as explicações até então não eram definitivas.

Física moderna

Essa física quântica integra a matemática, pelo contrário, a fórmula clássica dá maior valor à metafísica. A física moderna realizada desde o século 20 integra o estudo da cosmologia, física de partículas, física molecular e física quântica. Ou seja, um novo paradigma emerge no que diz respeito às teorias clássicas sobre o universo.

Foto: Fotolia - aleutie