tecnologia

definição de engenharia de sistemas

De acordo com um conceito errôneo popular, a engenharia de sistemas é uma disciplina na qual os profissionais são responsáveis ​​por consertar computadores. Na realidade, a pessoa que repara um dispositivo de computador é um técnico de manutenção e não um engenheiro de sistemas.

O que é um sistema e o que é uma engenharia?

É um conjunto de elementos ou partes organizadas e relacionadas entre si que têm um objetivo comum. Assim, o sistema solar é composto por uma série de planetas relacionados entre si.

Por engenharia entendemos a aplicação de conhecimentos científicos e técnicas para melhoria de processos e resolução de problemas.

Desta forma, a engenharia de sistemas é uma disciplina que fornece soluções para todos os tipos de problemas tecnológicos.

Áreas de engenharia de sistemas

O campo de estudo desta disciplina é muito amplo. Na verdade, existe a engenharia de sistemas de telecomunicações, biológicos, audiovisuais, eletrônicos, empresariais, de rede, etc. Em todas essas áreas, a matemática tem um papel muito relevante como fundamento teórico. Nesse sentido, são estudados a teoria dos conjuntos, princípios da lógica formal, equações, funções, logaritmos, etc. Por outro lado, o inglês é a língua internacional desta disciplina.

No campo da computação

Dentre as disciplinas de engenharia de sistemas computacionais podemos destacar o seguinte:

1) arquitetura de computação, assunto em que se sabe como funciona um computador,

2) sistemas operacionais, uma seção em que memória, processos, entrada e saída de programas são estudados e, em última instância, lida com todos os recursos do computador,

3) algoritmos, que permitem que as tarefas de programação sejam realizadas de forma eficiente,

4) redes de computadores, com as quais é possível conhecer os diferentes protocolos de programação web e

5) a administração de bancos de dados, conhecimento que possibilita a classificação de informações para alguma finalidade.

A engenharia de sistemas computacionais permite atender às necessidades tecnológicas de uma empresa. Nesse sentido, os profissionais que se dedicam a ela projetam aplicativos para a Internet, aprimoram a segurança da informação ou enfocam o desenvolvimento de software. Tudo isso é aplicável a setores como educação, indústria ou telecomunicações, entre muitos outros.

Fotos: Fotolia - Reenya / Julia Tim