comunicação

definição de lábios

Diz-se que alguém tem muito lábio quando tem uma capacidade especial de se expressar. Em outras palavras, ter lábios implica facilidade para falar. Alguém com essa característica é, portanto, uma pessoa eloqüente, que domina a língua, com uma fala fluente e convincente, com capacidade de persuadir os outros por meio de suas palavras.

Em princípio, a expressão cotidiana “ter rabugice” é algo positivo, pois indica um domínio da linguagem. No entanto, essa expressão é freqüentemente usada em um sentido depreciativo, sugerindo que alguém é um trapaceiro, um trapaceiro. Assim, dizer que um vendedor tem jargão implica atribuir um presente a ele, mas ao mesmo tempo indica que sua capacidade visa convencer os clientes a comprar um produto, mesmo que esse produto não seja tão bom quanto o que suas palavras habilidosas comunicam.

A utilidade de ter um lábio

Ser capaz de falar é útil em muitas áreas da vida. Pode ser usado para seduzir alguém, para vender melhor, para conseguir um emprego e, em última instância, para comunicar uma boa imagem de si mesmo.

Existem profissões que exigem essa característica. O advogado tem de persuadir com argumentos tecnicamente válidos e, sobretudo, com a sua capacidade de transmitir ideias e emoções. Algo muito semelhante acontece com o político, que precisa de sua boca para se conectar com os eleitores em potencial. Quando o político se dirige às massas dizendo-lhes o que querem ouvir, é considerado um populista e, quando usa argumentos parcialmente verdadeiros, é considerado um demagogo. Assim, demagogia e populismo estão diretamente relacionados ao lábio do político.

Além do advogado e do político, há outras atividades que costumam ser acompanhadas de loquacidade: o padre, o professor, o showman ou o locutor. Nos últimos anos apareceu um novo personagem com muito pico, o tertuliano.

É inquestionável que o lábio é uma ferramenta muito poderosa para o sucesso pessoal e profissional. Por isso, existem profissionais que aprendem técnicas de falar em público para atingir seus objetivos. Considere um gerente sênior de uma multinacional que deve se reunir com outros colegas para apresentar um projeto de natureza estratégica para a empresa. Seus conhecimentos e argumentos são relevantes, mas podem ser insuficientes e, conseqüentemente, seu lábio será um fator determinante para o sucesso.

Algo mais do que facilidade de falar

O conceito de lábios faz parte da comunicação efetiva, algo que não depende exclusivamente da habilidade de linguagem, mas vai além. Dessa forma, o indivíduo com jargão costuma ser alguém com empatia, graça, criatividade e que se expressa com naturalidade.

Fotos: iStock - Todor Tsvetkov / Leonardo Patrizi