economia

definição de cooperativismo

O fim cooperativismo permite designar que movimento social, doutrina, que propõe, promove, a cooperação de seus seguidores ou membros a nível social e econômico para levar quem produz a obter um considerável benefício no que se refere à satisfação de suas necessidades.. Deve-se notar que esses produtores ou consumidores são unidos em associações popularmente conhecidas como cooperativas.

Da mesma forma, o cooperativismo pode parecer denominado movimento cooperativo.

A cooperativa, por sua vez, consiste em um associação de características autônomas e democráticas que reúne indivíduos que por necessidades comuns se uniram e formaram uma organização que zela e luta por seus direitos..

Entretanto, são os sócios que decidem como deve ser efectuada a gestão e administração da mesma, que terá como objectivo a satisfação das necessidades e projectos económicos, sociais e culturais apresentados pelos associados através de uma empresa.

É importante destacar que a cooperativa é uma das formas mais reconhecidas de organização econômica e social.

O cooperativismo e o cooperativismo enquadram suas ações em uma série de valores universais em que se propõem principalmente a preservar temas como cooperação e responsabilidade. Esses incluem: Suporte mutúo (o grupo é orientado para a resolução de problemas comuns), esforço (implica na força dos membros para atingir os objetivos propostos), responsabilidade (presente compromisso para atingir metas), democracia direta (as decisões são tomadas em conjunto), igualdade (todos os membros têm os mesmos direitos e obrigações), capital próprio (a distribuição dos lucros será dada no quadro da igualdade) e solidariedade (sempre apoie seu parceiro).

o Aliança Cooperativa Internacional É a organização internacional que desde o final do século XIX, 1895, se encarrega de difundir o movimento e o sentimento cooperativo em todo o mundo. Atualmente e desde 1982 sua sede está em Genebra e representa cerca de 800 mil pessoas em todo o mundo.