o negócio

definição de plenário

Através da palavra plenário pode ser designado para aquela reunião ou conselho com a presença de todos os membros que compõem uma corporação, uma organização, uma empresa, entre outras.

Reunião que convoca todos os membros de uma corporação ou organização e na qual as questões inerentes e relevantes a ela são decididas

Em plenário, um grupo de indivíduos pertencentes à mesma instituição ou órgão reúne-se com a motivação de discutir questões específicas inerentes à instituição que representam e integram, Depois de uma ordem do dia, como é chamada a comunicação escrita que chega em tempo hábil a cada um dos membros da organização, na qual prestam contas de todos os pontos ou questões que serão discutidos ou que requeiram solução pelo plenário, em Portanto, os acordos ao qual chegar será refletido no que é formalmente denominado ata de reunião.

Cada etapa da sessão plenária é registrada em minutos

Na referida ata, que consiste em um documento escrito, serão registrados cada um dos temas discutidos em plenário e, claro, os acordos que houverem a respeito deles, para que sejam formalizados.

O que este ato faz é dar valor jurídico a tudo o que foi acordado no plenário em questão.

Embora possam ser documentos independentes, geralmente as atas são reunidas em um livro de atas, cujas páginas também são numeradas, a fim de dar coerência, organização e calendário a cada uma das reuniões plenárias.

A partir da leitura da ata da reunião, quem não compareceu à sessão plenária ou precisa de saber o que dela se passou, poderá ter um conhecimento geral tanto da estrutura da reunião, como dos nomes dos presentes e as diferentes questões tratadas e resolvidas nele.

Um dos presentes, escolhido para o efeito como secretário, será aquele que concorda em um papel cada um dos momentos mais marcantes.

Para que a assembleia ou plenário tenha legitimidade, deve ser convocada de acordo com as regras que regem o organismo ou sociedade em causa, ou seja, se o plenário tiver sido convocado de forma irregular, fora das condições estabelecidas no estatuto, pode tornar-se contestado pelos membros que assim o desejem.

Obviamente, a convocatória deve conter todos os membros que compõem a organização e que por caso estão autorizados a dela participar; Os que não estiverem devidamente credenciados como participantes formais da sociedade, nunca poderão ser citados.

No campo da política, é muito comum que esse tipo de reunião seja convocada quando um determinado grupo político precisa reunir todos os seus membros para rever políticas e ações a serem seguidas em determinado contexto político.

Vamos pensar na necessidade de um partido firmar aliança com outro para ir juntos a uma eleição em que terão mais chances de vencer juntos do que separados.

Esta decisão não é normalmente tomada unilateralmente pelo presidente do partido, naqueles grupos em que prevalece a participação e opinião de todos os membros, pelo que esta questão será resolvida através da convocação de um plenário em que o assunto seja discutido em conjunto. pode fornecer sua posição sobre o assunto.

Por fim, cabe ao plenário uma decisão, que normalmente é obtida após o voto dos presentes, e uma vez que a decisão seja tomada por maioria, deve ser respeitada e acatada por todos.

Também podemos fornecer mais casos domésticos, como uma reunião de consórcio; Respeita o procedimento do Plenário no que se refere às condições de convocação e deliberação, sendo também lavrada ata na qual são remetidos os temas discutidos pelos consórcios, que após alguns dias deve ser enviada a todos os membros do consórcio para que tenham conhecimento dos assuntos tratados e das deliberações adotadas.

Religião: perdão de pecados

Por sua vez, a mando da religião católica, o indulgência plenária Consiste no perdão total das penas decorrentes dos pecados cometidos, normalmente no caso de um contexto especial como a morte iminente de um fiel, logo, para que possa descansar em paz, um sacerdote é convocado a conceder-lhe o plenária de indulgência.