Social

definição de estudos sociais

Como o próprio nome indica, estudos sociais são todos aqueles estudos, pesquisas e análises que são realizados sobre a sociedade, como um todo ou individualmente, para os membros que a compõem. Os estudos sociais sempre foram muito úteis e importantes para o homem porque permitem que ele conheça os fenômenos relacionados às suas estruturas sociais, seu comportamento, sua história, seus interesses, etc. Em termos específicos, a ideia de estudos sociais pode variar de país para país no nível acadêmico, pois não há uma definição única para este campo de pesquisa. No entanto, é comum agrupar neste mesmo tipo de estudos ciências como sociologia, antropologia, história, psicologia, educação, direito, filosofia, religião, economia e até geografia, pois todas elas estão relacionadas em maior ou menor grau com esforços humanos e sociais.

Uma das principais características dos estudos sociais, que os diferencia claramente das ciências exatas e naturais, é que embora tenham um método de estudo, as respostas às questões nunca são exclusivas ou parte de uma fórmula unívoca, mas tendem a se prestam muito mais ao debate, pois não há uma resposta ou análise única para cada fenômeno. A complexidade do ser humano como indivíduo e como parte de um conjunto de indivíduos conhecidos como sociedade é o que faz com que um fenômeno social nunca possa ser compreendido em termos matemáticos, lineares e exclusivos.

Os estudos sociais, portanto, têm um obstáculo, uma vez que as respostas possíveis para uma única pergunta podem ser infinitas. Os estudos sociais devem então ser mais abrangentes (no sentido de compreender mais possibilidades) do que sistemas exatos de análise e não se limitar a uma única resposta, mas considerar que os diferentes fenômenos, eventos ou situações que constituem uma sociedade são o resultado de uma sistema de interações culturais, políticas, econômicas, sociais, ambientais, etc.