Ciência

definição de previsão

Em seu sentido mais amplo, o termo previsão Isso se refere a aquele conhecimento antecipado do que acontecerá no futuro através de certas indicações, sinais, sintomas, intuições, estudo, história prévia, entre outros, que se sucedem cumprindo uma função de anúncio.

"Visto que ele está se esforçando no estudo, o prognóstico sobre seu futuro trabalho é realmente auspicioso."

Saber antecipadamente sobre algo que pode ser previsto por meio de vários elementos ou intuições científicas: amplo uso em medicina e meteorologia

Por outro lado, a pedido da medicina, uma previsão será que julgamento que o médico formará, a partir dos sintomas que o paciente manifesta, sobre o desenvolvimento previsível de uma doença.

Dentro do mesmo escopo, o previsão reservada acaba por ser isso parecer médico indeterminado que será emitido quando os sintomas não forem suficientes para realmente determinar um diagnóstico mais específico ou porque se espera algum tipo de retrocesso nos efeitos de uma lesão ou na evolução do quadro do paciente.

Por outro lado, em meteorologia É onde o conceito se tornou mais popular e reconhecido. Porque existe uma previsão, ou melhor, a previsão do tempo, é o aplicação de tecnologia e ciência para prever com suficiente certeza o estado que a atmosfera apresenta e apresentará em um futuro período de tempo em uma determinada região do planeta.

A forma mais eficaz de se chegar a uma determinada previsão é coletar o máximo de dados possível sobre a atmosfera em questão, umidade, temperatura e vento, por exemplo.

Saber como será o dia hoje, amanhã, último ou fim de semana passou a ser uma questão tão importante para as pessoas, definir seus programas ou atividades ou como se vestir pela manhã, portanto, é que tal Informação faz parte das manchetes de qualquer jornal ou programa de televisão. Muito poucas pessoas hoje saem de casa sem primeiro ver ou ler a previsão.

A previsão é o resultado da ação de prever, que é o mesmo que se aventurar sobre o que ainda não aconteceu, mas que por sinais, indícios, é possível antecipar.

Intuição versus ciência

Pode ser que muitas das previsões que são feitas em alguns contextos sejam feitas sem argumentos ou bases sólidas, como é o caso de uma previsão dos números que podem ser sorteados na piscina, ou do time que vai vencer uma partida esportiva.

Nestes casos, o que vai intervir é a intuição da pessoa e não uma investigação sólida a este respeito que lhe permita determiná-la.

Porém, o prognóstico médico ou que se faz sobre o clima é feito através de um estudo no qual intervêm recursos e elementos científicos.

Embora possa haver um erro ou uma previsão que não seja precisa o suficiente, a previsão terá uma base científica.

Hoje ninguém sai ou planeja algo sem saber a previsão do tempo

Essa relevância que as pessoas hoje atribuem à previsão do tempo tem a ver com o fato de que muitas das atividades do dia a dia que realizamos podem ser complicadas ou favorecidas pelo clima, desde planejar um passeio com amigos até resultar em observar uma colheita. se são demais ou faltam chuvas.

Como consequência, os meteorologistas ou meteorologistas tornaram-se hoje peças-chave nos meios de comunicação de massa, existem até páginas na Internet que se dedicam exclusivamente a informar sobre o tempo e, claro, os nossos smartphones permitem-nos descarregar as aplicações que nos oferecem. informações sobre o clima da nossa cidade e de qualquer parte do mundo que desejamos saber.

Basicamente, os meteorologistas prevêem o tempo em uma área específica conectando dados, de elementos climáticos como temperatura, umidade, precipitação e ventos, com técnicas e ferramentas tecnológicas, como satélites.