em geral

definição de senso comum

O conceito de senso comum é aquele que se utiliza para designar aquela inteligência que o ser humano desenvolveu e que lhe permite conduzir-se com sensatez nas diferentes situações da sua vida. O bom senso é normalmente entendido como o que é apropriado fazer, pensar ou dizer em determinados momentos, embora isso não implique necessariamente que tal ação, pensamento ou frase seja correta. Por exemplo, é agir com bom senso ao dizer a alguém que está sofrendo que a situação vai melhorar, mesmo que você não saiba realmente o que pode acontecer no futuro. O bom senso atua, nesse caso, como uma forma sensata e adequada de reagir diante da tragédia ou da dor.

A noção de senso comum parte da ideia de que é compartilhado por todos em uma sociedade ou comunidade, por isso é considerado "comum". Isso significa que não depende da subjetividade de uma pessoa ou indivíduo, mas se baseia em tradições, comportamentos aceitos e modos de agir que naquela sociedade são considerados adequados a cada situação. Em muitos casos, o bom senso é o mesmo para algumas questões em diferentes partes do mundo, por exemplo, quando se entende que é bom senso dirigir sem estar sob a influência do álcool. Isso acontece em qualquer canto do planeta, mesmo que haja indivíduos que não respeitem essa regra.

O bom senso pode ser descrito como uma forma racional e sensata de agir. Isso porque o bom senso nem sempre implica fazer a coisa certa, portanto, não pode estar diretamente relacionado a uma questão de moral ou de ética, mas ao que é melhor para cada situação particular. Supõe-se que o bom senso é aquele que nos faz agir tentando fazer com que cada situação seja o melhor possível para nós e para os outros. É comum ouvir conversas de bom senso na rua, em conversas privadas, etc. ao julgar uma determinada situação e a forma como uma pessoa agiu ou respondeu a ela, se usou o bom senso ou se não fez algo apropriado de acordo com sua circunstância.