em geral

definição de indução

De acordo com o uso da palavra indução apresenta várias referências. Em seu sentido mais amplo, a indução é o incitação ou instigação para alguém fazer algo, implantar uma determinada ação. Por outro lado, no reino da lógica se chama raciocínio indutivo ao método do raciocínio não dedutivo que consiste em obter conclusões gerais a partir de premissas que contêm dados particulares. Por exemplo, se alguém observa repetidamente objetos ou eventos de mais ou menos a mesma natureza, uma conclusão será tirada para todos eles.

Neste mesmo contexto, podemos encontrar o princípio de indução total, como é chamado o raciocínio que permite a demonstração de um número significativo de proposições ou uma proposição para um tipo de raciocínio onde as conclusões obtidas são simplesmente prováveis.

No caso de indução matemática, É uma situação particular, pois vai do geral ao particular e suas conclusões se mostram necessárias.

Para o eletromagnetismo, o ramo da Física que estuda fenômenos elétricos e magnéticos como um, indução é um fenômeno através do qual uma força eletromotriz é gerada em um corpo quando ele é exposto a um campo magnético.

Enquanto isso, para outro ramo da Física, eletrostática, a indução também é um fenômeno, mas para o qual um corpo eletricamente carregado produz uma carga eletrostática induzida em outro, mas com sinal oposto, situação que aumenta a atração.

Por outro lado, pPara a embriologia, a indução é o que marca o início de uma mudança ou processo ontogenético.

Além disso, na medicina, o termo apresenta uma referência, o indução de drogas por um barbitúrico, por exemplo, a indução do parto a fim de facilitar a expulsão do feto que por algum motivo está travado.

Outra das áreas em que o uso do termo também é recorrente é em leiNesse contexto, a indução é uma das formas de participação no crime acompanhada da necessária cooperação, cumplicidade e qualquer outra forma de tentativa de participação.