Ciência

definição de indutância

No Fisica, a indutância vai ser aquela propriedade exibida pelos circuitos elétricos pelos quais uma força eletromotriz é produzida, uma vez que haja uma variação na corrente que passa, seja pelo próprio circuito, seja por outro próximo a ele.

O conceito de indutância foi popularizado pela Físico, engenheiro elétrico, matemático e operador de rádio inglês Oliver Heaviside sobre Fevereiro de 1886, entretanto, o símbolo com o qual é distinguido, a letra eu letra maiúscula, foi imposta em homenagem a Físico alemão Heinrich Lenz, que também, como Heaviside, deu contribuições importantes na descoberta desta propriedade.

E por outro lado, o termo é usado para se referir a circuito ou elemento de circuito que tem indutância.

Em um indutor ou bobina, indutância será chamada de relação que será estabelecida entre o fluxo magnético e a intensidade da corrente elétrica. Como é bastante complexo medir o fluxo que envolve um condutor, em vez disso, as variações do fluxo podem ser medidas apenas através da tensão que é induzida no condutor em questão pela variação do fluxo. Dessa forma, obteremos grandezas que são plausíveis de serem medidas, como corrente, tensão e tempo.

Enquanto isso, a indutância sempre será positivo, exceto nos circuitos eletrônicos especialmente concebidos para simular indutâncias negativas.

Conforme declarado no Sistema Internacional de Medidas, se o fluxo for expresso em weber (unidade de fluxo magnético) e intensidade em amplificador (unidade de intensidade elétrica), o valor da indutância estará em Henry, simbolizado pela letra H letra maiúscula e que no referido sistema é a unidade que é atribuída à indutância elétrica.

Os valores práticos de indutância variam de alguns décimos de H para um condutor de um milímetro de comprimento a várias dezenas de milhares de H para bobinas feitas com milhares de voltas em torno de núcleos ferromagnéticos.