Ciência

definição de massa muscular

o Massa muscular é o volume do tecido corporal total que corresponde ao músculo. Do ponto de vista da composição corporal corresponde à massa magra, os outros dois tipos de componentes são a gordura corporal e a água.

Existem três tipos de músculos, o músculo cardíaco que faz parte do coração, o músculo liso que se encontra nas vísceras e o músculo esquelético que é o tecido que conhecemos como o próprio músculo, que tem a função de nos permitir transportar os diferentes movimentos e manter a postura.

O músculo é capaz de responder ao aumento da demanda aumentando sua massa, o que lhe permite alcançar maior força e resistência. Esse processo provoca o que é conhecido como hipertrofia muscular, que nada mais é do que o aumento do tamanho do músculo como resultado do treinamento e que podemos observar do que há de melhor nos fisiculturistas.

O aumento da massa muscular pode ser conseguido através do treino físico, este irá variar dependendo do objectivo que se pretende atingir. Quando se busca aumentar a resistência muscular, o treinamento foca no número de repetições, enquanto quando se busca aumentar a força e, portanto, o tamanho dos músculos, é necessário trabalhar com mais peso ou resistência e menos repetições.

Esse treinamento deve ser acompanhado de um aporte adequado de nutrientes, principalmente os carboidratos, que são a fonte de energia mais utilizada pelo tecido muscular, além da fosfocreatina. Este último é necessário para aumentar a capacidade de trabalho do músculo em condições anaeróbias como ocorre em exercícios como o levantamento de peso, que se consegue melhorando o desempenho muscular com menor consumo de energia evitando a fadiga e a produção de ácido lático produto do metabolismo muscular que é responsável pela dor muscular pós-exercício.

A fosfocreatina é produzida a partir de vários aminoácidos em órgãos como o fígado e o pâncreas, principalmente após a ingestão de alimentos como carnes, ovos e laticínios, também pode ser obtida a partir de vários suplementos.

O extremo oposto da hipertrofia muscular é a sarcopenia, uma condição típica do envelhecimento caracterizada pela diminuição da massa muscular que resulta em sintomas como fraqueza e diminuição da força. Essa condição ocorre em idosos muito magros e também pode ser observada em pacientes com câncer.